XVII JOGOS FLORAIS DE RIBEIRÃO PRETO

TROVAS LÍRICAS E FILOSÓFICAS ÂMBITO NACIONAL = TEMA: “UNIVERSO”

1º lugar:
Por sobre as nuvens, meu sonho
vai dedilhando, disperso,
as ilusões que componho
na pauta azul do universo!
EDUARDO A. O. TOLEDO – Pouso Alegre

2º lugar:
Meu Universo traduz
minhas angústias sem fim...
Sou como um cego sem luz,
perdido dentro de mim!
DELCY R. CANALLES – Porto Alegre

3º lugar:
Junto ao teu corpo moreno
e ante os teus olhos risonhos,
faço de um quarto pequeno
um universo de sonhos!
MARIA MADALENA FERREIRA - Magé

4º lugar:
Se é cada gota caída
dos olhos, astro disperso,
eu trouxe na despedida,
nos ombros, um universo.
JOSÉ HENRIQUE DA COSTA – Magé

5º lugar:
Quando acendo a luz da crença
e, em preces, com Deus converso,
vislumbro sua presença
jorrando luz no universo.
EDMAR JAPIASSÚ MAIA – RJ

MENÇÕES HONROSAS

No meu pequeno universo
é grande minha alegria;
cantando ou fazendo um verso,
sou feliz a cada dia...
THEREZINHA DE JESUS LOPES – Juiz de Fora

Em devaneio profundo,
esqueço os dias tristonhos
e, assim, transformo meu mundo
em universo de sonhos.
WANDA DE PAULA MOURTHÈ – BH

Quis um tesouro encontrar
e hoje afirmo: - fui capaz,
ao transformar o meu lar
num universo de paz!
ERCY Mª MARQUES DE FARIA – Bauru

O mundo que agora eu traço
tem beleza e tem magia,
pois encontrei meu espaço
no universo da Poesia. THEREZA COSTA VAL – BH

A noite rompe em poesia!
A lua desfaz-se em verso!
E Deus com pura magia,
desperta a luz do universo. AILSON CARDOSO DE OLIVEIRA - Magé

MENÇÕES ESPECIAIS

Engloba em todo Universo
um poder grande e profundo:
quando um povo encontra um verso,
o verso levanta o mundo!
WANDISLEY GARCIA – Jales

Meu universo é um lar,
é lá que eu me sinto bem,
lá o amor tem seu lugar
junto aos que me amam também.
SALMA LASMAR DUARTE – Niterói

Mudando um ciclo perverso
Deus, nosso mestre primaz,
abre a face do universo
para o sorriso da paz.
ELEN DE NOVAIS FÉLIX – Niterói

No universo do meu quarto
paredes brancas, vazias,
com a solidão eu reparto
meus sonhos e fantasias.
DALMIR PENNA – Barra do Piraí

Ah, quanta história latente
em tão pequeno universo:
o projetinho de gente
que a mãe traz no ventre imerso!
ANTONIO AUGUSTO DE ASSIS - Maringá

----------------------------------------------------------

TROVAS HUMORÍSTICAS ÂMBITO NACIONAL = TEMA: “SUFOCO”

1º lugar:
- Depressa!... A bolsa ou a vida.
- Mas, que sufoco, senhor!...
Diz a livreira, polida:
não sabe o nome do autor?
THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA - SP

2º lugar:
A velha, ao ver o tarado,
corria igual Satanás;
foi um sufoco danado:
ele na frente... ela atrás!...
JOSÉ OUVERNEY - Jambeiro

3º lugar:
Sufoco que a mim se aplica:
“grana” curta e calendário...
Sempre mais, o mês estica,
encurtando o meu salário!
THEREZA COSTA VAL - BH

4º lugar:
“Sufoco” é andar espremido
e ter que agüentar calado
“desodorante vencido”
em coletivo lotado!!!
HELOISA ZANCONATO PINTO – Juiz de Fora

5º lugar:
Entra no quarto a mulher;
e o Zé, num sufoco enorme,
já prevendo o que ela quer,
ronca, fingindo que dorme.
JOSÉ TAVARES DE LIMA – Juiz de Fora

MENÇÕES HONROSAS

Pelo sufoco constante,
se ao cemitério ela vai,
põe crachá de “VISITANTE”,
pois, senão, de lá não sai!
EDMAR JAPIASSÚ MAIA – RJ

Num sufoco apavorante,
Miguelito se meteu,
esperava a linda amante
quando a sogra apareceu.
JOÃO BATISTA SERRA – Caucaia/CE

Que lua de mel aquela!
Faltou luz, foi um sufoco:
a noiva queria vela,
o noivo só tinha um toco...
WANDA DE PAULA MOURTHÈ – BH

Sufoco na condução...
Entre uma “gata” e um punguista,
eu não sei se aquela mão
é dela ou... do “vigarista”...
IZO GOLDMAN SP

A tenista, uma vedete,
deu no parto um trabalhão;
foi um sufoco a raquete
que o nenê tinha na mão!
Mª HELENA CALAZANS DUARTE – SP

MENÇÕES ESPECIAIS

Eta vidinha apertada...
todo mundo no sufoco:
até a coruja, coitada,
pendura o aluguel no toco...
ANTONIO AUGUSTO DE ASSIS – Maringá

O velho, já dorminhoco,
ouvindo o “sim” do louraço,
passou o maior sufoco,
pra escapulir do pedaço!
FERNANDO VASCONCELOS – Ponta Grossa

De sangue de um cana-brava
um vampiro se encharcou:
tal sufoco não contava:
ébrio, o vampiro ficou...
DJALDA WINTER SANTOS – RJ

Ter sogra, meu companheiro,
é um sufoco – alguém me disse.
Porém, sogro sem dinheiro
já é demais... é burrice,
DALMIR PENNA

Querendo ser muito esperto,
sem pagar pedi o troco.
Era comum no boteco...
Imaginem meu sufoco.
SEBASTIÃO NASCIMENTO – Perpétuo Socorro/MG

-------------------------------------------------------------------

ÂMBITO MUNICIPAL – LÍRICAS E FILOSÓFICAS TEMA: “ESPAÇO”  

1º lugar: RUTH MAGALHÃES FERREIRA
Nenhum sofrer se equipara
em tamanho e imensidão,
ao espaço que separa
meu erro do teu perdão!

2º lugar: WILSON CLÓVIS DE ANDRADE
Das lições que a vida ensina
eis o melhor que se deu:
“O teu espaço termina
bem onde começa o meu”.

3º lugar: NILTON MANOEL
No espaço da folha branca
o universo do escritor
torna a vida bem mais franca
se traça versos de amor...

4º lugar: ELS SUAD BIAGINI
Dou-te paz, sonho, alegria,
muito amor, com devoção...
Espero ganhar, um dia,
espaço em teu coração.

5º lugar: MANOEL NAHAS NETO
Meu peito que é só pedaço,
na dor cruel que o invade,
não sabe onde arruma espaço
pra colocar mais saudade!

MENÇÕES HONROSAS

Corro, luto, marco passo
por este mundo sem fim,
em busca do meu espaço
que nunca chega pra mim!
EDNA DUARTE SILVA PRADO

Tirei da rosa a pureza,
do jardim a suavidade,
das flores a singeleza,
do nosso espaço... “A Saudade”.
WAGNER AGNALDO BIAGINI

Voa bem alto o sanhaço...
e, ao mergulhar, rola o encanto
de seu trinado no espaço,
feito cascata de canto!
LILA RICCIARDI FONTES

A praça XV, com flores,
doce espaço de ventura:
sem trova, sem trovadores,
é saudade, desventura...   
IVAN AUGUSTO DE ANDRADE TEIXEIRA

-------------------------------------------------------------

ÂMBITO MUNICIPAL – HUMORÍSTICAS TEMA: “PREGUIÇA”

1º lugar: MANOEL NAHAS NETO
Preguiça assim, minha gente,
só a do Chico Messias,
que pra morrer de repente,
demorou quarenta dias!

2º lugar: LILA RICCIARDI FONTES
Com preguiça o fazendeiro
não correu do boi maldito
que lhe chifrou o traseiro,
e... hoje corre de cabrito!

3º lugar: SYLVIO RICCIARDI
A preguiça era tamanha
que, ao te esperar na porteira,
sentei numa pedra estranha;
me estrepei! Pedra não cheira...

4º lugar: MARIA PATROCÍNIA ROCHA
Essa preguiça bandida
cismou em me destruir;
é só eu pensar na vida,
dá vontade de dormir.

5º lugar: BRANCA MARILENE MORA DE OLIVEIRA
Com preguiça, devagar,
José vai pescar sardinha,
mas de tanto demorar
ela já veio em latinha.

MENÇÕES HONROSAS

Um pecado me corrói:
a preguiça de pensar;
essa angústia me destrói,
eu preciso descansar!
CLÁUDIA R. ROCHA FERNANDES

A preguiça é quem me explica
seu despertar na alvorada:
desse jeito é que ela fica
mais tempo sem fazer nada...
RUTH MAGALHÃES FERREIRA

Não queria nem falar
de tanta preguiça, o Tião.
Em vez de um roupão comprar
preferiu comprar um “pão”.
ELZA MORA

O cura em minha presença:
por que tu não vens à missa?
E como chama a doença?
Respondo: é simples... preguiça!
OEFE SOUZA 

----------------------------------------------------

V JOGOS FLORAIS ESTUDANTIS TEMA LÍRICO: “LUZ” VENCEDORES:

1º lugar: JANAYNA FERNANDA R. ALCÂNTARA
O sol, em seu grande dia,
nasce tão belo que induz
a aurora a fazer poesia
com ricas rimas de luz.

2º lugar: MICAELA REALCE FRANCISCO
Esta luz da minha vida,
bela luz do conhecer,
minha estrada preferida,
o caminho do saber.

3º lugar: THAÍS MARQUES COSTA
Deus perdoa, ninguém nega.
A natureza, porém,
devolve fatal e cega
luz e treva, mal e bem.

---------------------------------------------

TEMA HUMORÍSTICO: “LEÃO” VENCEDORES:

1º lugar: MARIANA DE OLIVEIRA PEREIRA
O leão foi candidato
a prefeito da floresta,
vencedor, deu o ultimato
a todo edil que não presta.

2º lugar: MATHEUS GRUPIONE DE SOUZA
O leão não é amigo,
eu não quero nem saber:
se quiser andar comigo
com certeza vou correr.

3º lugar: GABRIELA CRISTINA LOPES
O leão é forte e bravo,
rei da selva, reconheço,
mas como meu avô, bravo,
nunca vi e não conheço.