XXV JOGOS FLORAIS DE RIBEIRÃO PRETO
 
 Tema Nacional:  Tema:  “Cidadão” (Lirismo)
 
Categoria Vencedor (Troféu)
 
1º lugar
Não se ata  pelas algemas,
mazelas ao cidadão,
que enfrenta  tantos dilemas
doando vida à  nação.
Vanda.Alves.da.Silva - Curitiba                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                  
 
2º lugar
Um aviso ao cidadão
sedento em me conquistar:
só me prendo a um coração
com elos do verbo amar.
Marina de Oliveira Dias - São Gonçalo-RJ
 
3º lugar
No bom cidadão encerra,
coragem que evidencia
em dar, exemplos na terra,
de bravura e galhardia.
Ivone Taglialegna Prado - Belo Horizonte-MG
 
4º lugar
Sê cidadão! Pois é rara,
a virtude de quem sonha
em primeiro por na cara
os adornos da vergonha.
Manoel Cavalcante de Souza Castro - Pau dos Arcos- RN
 
5º lugar
 Trabalhador digno, honrado,
vai à luta sem receio,
é cidadão bem formado
e para a nação o esteio.
Therezinha Tavares - Nova Friburgo- RJ
 
Categoria Menção Honrosa(Medalha Dourada)
 
1º lugar
Perde o nome, um cidadão,
passa a “morador de rua”,
tão comum é a situação...
que o mundo até se habitua!
Vanda Fagundes Queiroz - Curitiba-PR
 
2º lugar
Cidadão, cabeça erguida
é aquele que, na passagem,
coloca os lixos da vida
nos latões da reciclagem.
Flávio Roberto Stefani - Porto Alegre RS
 
3º lugar
No patrimônio moral
que enriquece um cidadão,
honestidade é vital
pra lhe dar sustentação.
Sandro Pereira Rebel - Niterói-RJ
 
4º lugar
Sou cidadão e homem forte
no alcance às metas que traço...
o impulso quem dá  é a sorte;
o resto sou eu que faço!
Edmar Japiassu Maia - Nova Friburgo- RJ
 
5º lugar
Meu amor é um cidadão
que tal qual, se ainda houver,
faz dar nó no coração
da mais pudica mulher!
Marina de Oliveira Dias - São Gonçalo-RJ
 
Categoria Menção Honrosa(Medalha Prateada)
 
1º lugar
Cidadania se exerce
com base na educação,
e o cidadão é o alicerce
que sustenta uma nação.
Wanda de Paula Mourthé - Belo Horizonte-MG
 
 2º lugar
Num pleito  mais que perfeito,
o cidadão sonha um bem:
-cidadania é o direito
que o povo ainda não tem!!!
Eduardo A  O Toledo - Pouso Alegre -MG
 
3º lugar
O ideal da educação,
no sentido mais profundo,
deve ser a formação
do “cidadão para o mundo”.
Alba Helena Corrêa - Niterói-RJ
 
4º lugar
A cidadania é um sonho
distante da realidade...
e dá um trabalho medonho
ser cidadão de verdade.
Milton Souza - Porto Alegre-MG
 
5º lugar
Por que um cidadão  direito,
muito honesto e sem malícia,
logo após ter sido eleito
vira caso de polícia?
Izo Goldman - São Paulo-SP
 
 xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
XXV JOGOS FLORAIS DE RIBEIRÃO PRETO
 
 Tema Nacional: Tema: “Tropeço” (Humorístico)
 
Categoria Vencedor (Troféu)
 
1º lugar
Certo dia madruguei,
ao sair, um bom começo,
porque  dinheiro encontrei
no chão, após um tropeço.
Flávio Ferreira da Silva - Nova Friburgo-RJ
 
2º lugar
Cai o idoso num tropeço,
derrubando uma guria,
depois... paga um alto preço
por uma noite de orgia.
Relva do Egypto Resende Silveira - Belo Horizonte´MG
 
3º lugar
Sogra nem sempre é tropeço,
e nem sempre o genro pena.
-Basta que desde o começo
ele faça o que ela ordena...
Antônio Augusto de Assis - Maringá-PR
 
4º lugar
Na idade estou afundado
e o peso eu sinto no lombo,
por mais que eu tenha cuidado
cada tropeço  é um tombo.
Argemira Fernandes Marcondes - Taubaté-SP
 
5º lugar
Deixando nome e endereço,
de “tropeços” faz seguro...
e de tropeço em tropeço,
vai garantindo o futuro!
Rodolpho Abbud - Nova Friburgo-RJ
 
Categoria Menção Honrosa(Medalha Dourada)
 
1º lugar
Um político eloqüente,
num tropeço vai ao chão:
limpa a boca e exclama:  Gente,
quis beijar este torrão!
Walter  Leme - Pindamonhangaba-SP
 
2º lugar
Pobre chefe! Que cilada
no tropeço acontecido!
A calça descosturada
com ele desprevenido.
Maria Aparecida  Pires - Curitiba´PR
 
 3º lugar
Correu atrás de estrupício
e o tropeço foi fatal,
conseguiu só sacrifício:
mais um belo pré-natal!
Therezinha Tavares - Nova Friburgo-RJ
 
4º lugar
Fingindo que foi tropeço,
garantiu o seu futuro...
O figurão paga o preço:
pensão para o nascituro!
Eliana Ruiz Jimenez - Balneário Camboriú - SC
 
5º lugar
Meu tropeço foi hilário,
caí de quatro,babando,
por um travesti; que otário!
até agora o estou amando.
Luiz Moraes Santos - São José dos Campos - SP
 
Categoria Menção Honrosa(Medalha Prateada)
 
1º lugar
Sai de mim, tropeço antigo...
Vai  procurar o teu canto...
-se tropeço fosse amigo
eu teria amigo... e tanto!
Dari Pereira - Maringá-PR
 
2º lugar
De político do “avesso”,
a gente já tem calombo...
pois, quando ele dá tropeço,
é o povo que leva o tombo!!!
Roberto Tchepelentyky - São Paulo-SP
 
3º lugar
Sou ao duro, mas caminho
sem tropeço nem  trapaça...
bebo até sobra de vinho,
desde que seja de graça!
Renata Paccola - São Paulo-SP
 
4º lugar
Depois de um  tropeço o João
caiu de pernas pra cima
e soltou um  palavrão
que eu nem  posso usar na rima!
José Ouverney - Pindamonhangaba-SP
 
5º lugar
No enterro  do Geraldão,
Levei flores pro defunto,
Dando um tropeço no chão,
Por bem pouco não   fui junto...
Ruth Farah Nacif  Lutterback - Cantagalo-RJ