CONCURSO ESTADUAL DE TROVAS DO RIO DE JANEIRO - 2008
(COMISSÃO JULGADORA: (Domitilla Borges Beltrame, Eliana Dagmar, José Ouverney, Pedro Mello e Wanda Horilda de Lima.)

[OBS: Todas as classificações em ordem alfabética.]

TEMA: “CORRENTE”

TROVAS VENCEDORAS

Nosso amor, hás de convir,
é tão forte e resistente,
que um elo pode partir
mas não desfaz a corrente!
CLENIR NEVES RIBEIRO – Nova Friburgo

A deturpação dos fatos
é tão comum entre a gente,
que a corrente de boatos
passou a ser voz corrente!
JOSAFÁ SOBREIRA DA SILVA – RIO

Meu sonho rompe a corrente
que a vida insiste em lhe pôr...
É que a Poesia, insistente,
segue em frente,... pelo Amor!
JOÃO FREIRE FILHO – RIO

Liberdade!... Infelizmente
muitos a buscam no vício,
forjando a própria corrente
que os arrasta ao precipício!
LOURDES REGINA GUTBROD – RIO

É emoção que só conhece,
numa corrente do Bem,
quem junta as mãos numa prece
para pedir por alguém!...
RODOLPHO ABBUD – Nova Friburgo

MENÇÕES HONROSAS

São ternuras desgastadas
de um amor já morto e frio,
correntes enferrujadas
tentando unir um vazio...
DENISE CATALDI – Nova Friburgo

Mesmo sendo defensor
da liberdade inconteste,
louvo a corrente de amor
da prisão que tu me deste...

Cai a noite. E eu corro ao leito,
vencido pelos cansaços.
Busco a prisão, satisfeito,
das correntes dos teus braços.
GILVAN CARNEIRO DA SILVA(duas) – São Gonçalo

A saudade é uma corrente!
Só agora percebi,
livre de ti, finalmente,
e, afinal, mais preso a ti!...
JOSAFÁ SOBREIRA DA SILVA

Do plano que eu tinha em mente
não deu certo a execução:
- Prender na mesma corrente
o meu e o teu coração!
MARIA MADALENA FERREIRA – Magé

Se os deslizes trazem cortes
e ferem os nossos brios,
as correntes, por mais fortes,
também têm elos vazios...
MILTON NUNES LOUREIRO – Niterói

Quando me prende a saudade
no elo de sua corrente,
eu sinto que, na verdade,
passado é tempo presente!

O portão emoldurado
pelas flores do jardim,
lembra sonhos do passado
que se acorrentam em mim!
SÔNIA Mª SOBREIRA DA SILVA (duas) - RIO

MENÇÕES ESPECIAIS

Corrente de arame fino
foi nosso amor decadente,
que a um esbarro do destino
arrebentou facilmente.
ALMERINDA LIPORAGE – RIO

Nosso amor é uma alquimia,
um mistério de emoções;
é uma corrente, é a magia
que enlaça dois corações.
DJALDA WINTER SANTOS – RIO

Uma corrente de mãos,
como já disse um poeta,
é um concerto de irmãos
seguindo a voz de um profeta...
FERNANDO CRUZ – RIO

Se o elo não for mantido
e cultivado com arte,
pelo tempo é destruído
e a corrente então se parte.
JACY BITTENCOURT MACEDO – RIO

Olhos os rios, no presente,
e, amargamente, reflito:
- Como falar em corrente...
em meio a tanto detrito?!
JOÃO FREIRE FILHO – RIO

Voltar para mim?... Não tente,
tudo está morto e enterrado.
Rompi, de vez, a corrente
que me prendia ao Passado!...
LOURDES REGINA GUTBROD

Qual foi a forma?! – Define-a!,
pois, mesmo sem transfusão,
pela corrente sanguínea
entraste em meu coração!
MARIA MADALENA FERREIRA – Magé

Façamos uma corrente
com elos bem apertados!
Dando as mãos, vamos em frente
buscar os sonhos sonhados!
RENATO ALVES – RIO

Em correntes, não são novos
os elos para formar:
alguns, para unir os povos...
outros, para escravizar!...
RODOLPHO ABBUD

-------------------------------------------------

TEMA: “CASAMENTO” – (humorísticas)
COMISSÃO JULGADORA: Élbea Priscila de Souza e Silva, Heloisa Zanconato, Jaime Pina da Silveira, João Paulo Ouverney e Nélio BessanT. Coordenador: Edmar J. Maia.

TROVAS VENCEDORAS

De testemunha, a comadre
grita em pleno casamento:
- casa depressa, “seu” padre,
se não batiza o rebento!
IVONE MARQUES MOREIRA Nova Friburgo

Com seus dois metros e tal,
a solteirona assegura
não ter casado, afinal,
por falta de homem à altura!
JOÃO FREIRE FILHO

Casamento de verdade,
pouca gente ainda procura:
querem ter a propriedade
sem pagar pela escritura!
JOSAFÁ SOBREIRA DA SILVA

“Nunca vi coisa mais jeca,
-disse o sapo num lamento-
por que ver a perereca
só depois do casamento?...”
MILTON NUNES LOUREIRO

No circo, à beira da estrada,
o casal vive aos sopapos:
se a mulher “engole espada’,
o marido “engole sapos”!
RODOLPHO ABBUD

MENÇÕES HONROSAS

O vigário foi pamonha
e o casório tão além,
que deu tempo da cegonha
ser testemunha também!
AILTO RODRIGUES – Nova Friburgo

Casamento? Hoje eu não nego
e nem quero ouvir falar...
Mesmo que o amor seja cego,
ele é que volte a enxergar!

Casamento é loteria,
e nesse jogo de azar,
por eu ter sorte, eu diria
que não quero me arriscar!
CLENIR NEVES RIBEIRO (duas)

Casamento é uma empreitada
que nem sempre vai dar certo
se existir uma empregada
- muito da boa – por perto.
FLÁVIO FERREIRA DA SILVA – N. Friburgo

Casou com moça donzela,
caiu na boca do povo:
pra burro velho e banguela
não adianta capim novo.
JOÃO COSTA – Saquarema

Magriços, cheios de orgulho,
vão casar-se, ossos saltando...
E eu imagino o barulho
de toda essa ossada... quando!...
JOÃO FREIRE FILHO

- O rapaz que te fez ‘mal’
não quer casar? - diz alguém.
- Eu não me importo!... Afinal,
não fez “mal”... Fez muito bem!
RENATO ALVES

MENÇÕES ESPECIAIS

Casamento – a carestia
faz da gente equilibrista...
Faço tanta economia
que virei “economista”!
ELISABETH SOUZA CRUZ – N. Friburgo

Sem festa no casamento,
na lua de mel, que tédio!
O noivo, velho e avarento,
não quis comprar o ‘remédio”!
JOÃO COSTA

Ao homem muito ciumento
há um dilema que aperreia:
ou esquece o casamento,
ou casa com mulher feia!
JOSAFÁ SOBREIRA DA SILVA

Ele a “embroma”: nova data!...
E o casamento é adiado.
Vão fazer bodas de prata
pelo tempo de noivado!
LOURDES REGINA GUTBROD

“Casamento é loteria”...
e a já quase solteirona
faz fezinha todo dia,
mas, coitada, só dá “lona”!
NÁDIA HUGUENIN – Nova Friburgo

Casamento interessante,
nunca vimos outro igual:
a formiga e o elefante
numa cama de casal.
PALMYRA Mª G. DUARTE – RIO

Ela tem tudo adiantado,
e assim, na maior folia,
casamento e batizado
celebra no mesmo dia!...
RODOLPHO ABBUD

O casamento, hoje em dia,
virou banalização:
- É Maria com Maria
e até João com João!
ROSA MARIA GOMES MENDES – RI

                       -x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x