CONCURSO DE TROVAS DO RIO DE JANEIRO - 1983

Trovas Líricas e Filosóficas (Local – Rio de Janeiro):
                                tema livre

VENCEDORES

Na humildade do meu ninho,
com teu amor que me enleia,
meu jantar de pão e vinho
tem ares de Santa Ceia.
Alcy Ribeiro Souto Maior

Na procissão dos sozinhos,
levando o andor dos cansaços,
deixei no chão dos caminhos
a marca dos meus fracassos.
Elton Carvalho

Nas louras manhãs de estio,
numa suave sonata,
o vento, artista vadio,
dedilha os cipós da mata!
Joubert de Araújo Silva

Quando há pedras nos caminhos,
não fujo rumo aos atalhos,
sou daqueles passarinhos
que não temem espantalhos.
Ney Damasceno

Por sobre as ondas serenas,
a gaivota, em seu compasso,
é uma tesoura de penas,
cortando o pano do espaço.
Onildo Campos

MENÇÕES HONROSAS

Enquanto os ódios se encontram
na insensatez dos guerreiros,
nossos braços se reencontram
unindo dois travesseiros.
Alcy Ribeiro Souto Maior

Tanta gente a transmitir
tristeza em tudo que diz,
que a gente chega a sentir
remorsos de ser feliz.
Almerinda Liporage

Nas horas mortas da noite,
de silêncio e solidão,
o carrilhão é um açoite
que a Saudade tem na mão...
Durval Mendonça

Nesta idade em que a esperança
já vai afrouxando os laços,
eu quisera ser criança
para embalar-me em teus braços.
Ivo dos Santos Castro

Alvas nuvens enrolando
o Poente, em seu mantol,
- são os anjos enxugando
a face exausta do Sol.
Jesy Barbosa

Em pesadelos medonhos,
vejo a cacos reduzida
a vidraça dos meus sonhos
pelas pedradas da vida...
José Maria Machado de Araújo

Sobre amigos não te iludas,
- que nas horas de aflição,
vão dar-te as costas mil Judas,
para um Cristo dar-te a mão.
Joubert de Araújo Silva

Quando partiste, querida,
eu chorei tanto por ti
que, durante a despedida,
se tu choraste eu nem vi.
Nilci da Silva Guimarães

No espelho das minhas fugas,
que reflete a solidão,
eu vejo que tenho rugas
no rosto... e no coração!
Octávio Venturelli

Entre os vitrais coloridos
do templo, no grande Altar,
há silêncios escondidos
que só Deus pode escutar!...
Romeu Gonçalves da Silva

MENÇÕES ESPECIAIS

Pediste a Deus, de mãos postas,
que eu te amasse, eternamente:
Deus mandou-te dez respostas,
nos filhos que deu à gente...
Carlos Guimarães

Ferido pelos espinhos,
depois de rudes fracassos,
encontrei novos caminhos
no caminho de teus braços...
Durval Mendonça

No cinzento do meu tédio,
quando a Saudade é mais tensa,
pensar em ti é o remédio
que aumenta mais a doença!
Durval Mendonça

Veleiro, enfune essa vela,
e faça um favor, amigo:
devolva a saudade dela
que insiste em ficar comigo!
Elton Carvalho

Certas noites surpreendo
o meu sonho, tão bizarro,
e tão alto que reacendo,
nos astros o meu cigarro!
Jesy Barbosa

Eu sei que Deus escutava
minhas preces de criança,
pois, quanto mais eu rezava,
mais renascia esperança...
Maria Nascimento Santos

Se a sorte ingrata vergasta,
pouco importa o que me dói:
sou folha que o vento arrasta,
castiga, mas não destrói.
Maria Nascimento Santos

Para matar meus desejos,
quando em saudades me incenso,
beijo o carmim dos teus beijos,
com que bordaste o meu lenço...
Onildo Campos

Quando a vida, qual verdugo,
me trespassa de agonias,
minhas lágrimas enxugo
num lenço de Ave-Marias...
Waldir Neves

Mais amargo é o meu caminho,
mais doce a minha viola...
Cantando é que o passarinho
protesta contra a gaiola!
Waldir Neves

========================================================

Trovas Humorísticas (Local – Rio de Janeiro): tema livre

VENCEDORES

Tem tantos “tics” o Isaac,
que até seu relógio sente
e não faz mais tic-tac:
- Faz tic-tic, somente...
Carlos Guimarães

Quando nasceu a filhinha
do veterano sargento,
todo mundo viu que tinha
a cara do regimento...
Durval Mendonça

Eu lhe disse: “se eu passar
dos trinta, não casarei!”.
E ela: “enquanto eu não casar,
dos “trinta” não passarei...”
João Freire Filho

Recém-casada, a Zezé
diz ao noivo, sem querer:
- Também não fazes café?
Nem isso sabes fazer?!...
Jorge Murad

A baratinha anda, agora,
apaixonada de fato...
e repete, a toda hora,
que ele é um “tremendo barato”.
Joubert de Araújo Silva

MENÇÕES HONROSAS

Pai de gêmeos, num apuro,
por ser um cara avarento,
diz: - sou, de fato, pão duro,
mas... depende do momento...
Alcy Ribeiro Souto Maior

Afirmou-me, certa vez,
um mancebo tagarela:
- termômetro japonês
só marca febre amarela...
Alcy Ribeiro Souto Maior

Pedi ao meu Orixá,
num terreiro, lá na Penha:
“Meu bom santo, saravá!
- fazei com que a Sara venha...
Joubert de Araújo Silva

Neste lugar triste e feio
jaz o pobre Claudionor,
que, em vez de pisar no freio,
pisou no acelerador...
Joubert de Araújo Silva

A grila, às vezes, se toca
dando voltinhas... e aquilo,
com certeza, é que coloca
“grilos” na cuca do grilo.
Maria Nascimento Santos

MENÇÕES ESPECIAIS

Cara de pau, esse Cara!
Porém, de pau tão ruim,
que, em vez de ruga, na cara
desse Cara deu cupim!
Alcy Ribeiro Souto Maior

Empreguei a sogra perto,
de auxiliar de pipoqueiro,
e ela está no ofício certo:
enche saco o dia inteiro...
Elton Carvalho

A gasolina só tem
que encarecer, todo dia,
pra dar alegria a quem
DEU FIM à nossa alegria!
Ney Damasceno

Querida, se tu soubesses
que sede eu sinto por ti,
duvido que não dissesses:
“Eu sou toda parati”...
Octavio Babo Filho

Ao ler, na fábrica, o aviso
dizendo “vagas não á”,
comenta alguém num sorriso:
- nem para o emprego do “H”...
Waldir Neves

========================================================

Trovas Líricas e Filosóficas (Nacional): tema livre

VENCEDORES

Saudade, angústia infinita
só pela morte varrida.
Caleidoscópio que agita
cacos de luz de uma vida.
Adélia Victória Ferreira – São Paulo, SP

Conservo a velha lareira
e as cinzas que não perecem,
porque são mais que poeira,
pelas lembranças que aquecem.
C. A. Beiral – Governador Valadares, MG

Tens razão quando me dizes,
coração amargurado,
que somos dois infelizes,
pagando o mesmo pecado!
Hedda de Moraes Carvalho – Nova Friburgo, RJ

Cena de rua não rara,
que confrange o coração:
a seda virando a cara
ao trapo que estende a mão.
Leila Ribeiro Ferreira – Belo Horizonte, MG

Pus a tranca na janela
e na porta um cadeado.
- Como é que a saudade dela
entrou com tudo fechado?
Silvina Antunes Leal – Santos, SP

MENÇÕES HONROSAS

Saudade é tarde chorando
um tempo em que foi aurora,
ao ver a noite levando
o brilho do sol embora.
Adélia Victória Ferreira – São Paulo, SP

Parti. Ficaste. À partida
reparti-me de tal sorte,
que uma parte é meia-vida
e outra, apenas meia-morte...
Adélia Victória Ferreira – São Paulo, SP

Neste momento inseguro,
tanto desmando se vê,
que o povo crê no futuro,
mas já não sabe porque!
Alfredo de Castro – Pouso Alegre, MG

Tão importante na vida,
quanto subir quando moço,
é tentar nova subida
mesmo no fundo do poço...
Aloísio Alves da Costa – Nova Friburgo, RJ

Homem de rumos incertos
sabes que o filho de Deus
morreu de braços abertos
e queres cruzar os teus!
Arlindo Tadeu Hagen – Juiz de Fora, MG

Na fase externa da vida,
amargurado, notei
tanta estrada percorrida
e... nem parece que andei.
Cícero Rocha – Juiz de Fora, MG

Saudade: prometo, juro,
quando meu amor voltar,
prendo-te num quarto escuro
e jogo a chave no mar.
Elza de Melo – Salvador, BA

Jogam “xadrez” as nações,
e, no “jogo” em que se empenham,
sacrificam os “peões”,
para que os reis se mantenham.
Izo Goldman – São Paulo, SP

O mundo virou-me o rosto.
Sempre me pôs do outro lado...
Mas faço do lado oposto
o meu grande apostolado.
Jacy Pacheco - Niterói,RJ

Se aos tempos da mocidade
pudesse voltar, diria:
Passe bem dona Saudade
Felicidade, bom dia.
Rodrigo Maximus Codes – São Paulo, SP

O vento armou a laçada
num nó de redemoinho
e lá se foi pela estrada
lançando o pó do caminho.
Sebas Sundfeld – Tambaú, SP

MENÇÕES ESPECIAIS

Aquele espelho na sala,
bem reflete o meu desgosto,
pois nele a saudade fala
pelas rugas do meu rosto.
Daniel de Carvalho – Nova Friburgo, RJ

Lágrima pura, irisada,
que na vida amarga existes,
tens brilho de madrugada,
numa noite de olhos tristes.
Daniel de Carvalho – Nova Friburgo, RJ

As sementes de ternura
que plantei no meu caminho
deram cardos de amargura
que, triste, eu colho sozinho.
Eugênio Carvalho Filho – João Pessoa, PB

Pouca gente se dá conta
de que a vida é simplesmente
um novelo cuja ponta
se encontra dentro da gente.
Izo Goldman – São Paulo, SP

Esquece este amor! Esquece!!!
diz o meu rosto no espelho,
mas o teu rosto aparece,
e eu esqueço o meu conselho...
Izo Goldman – São Paulo, SP

Neste mundo insatisfeito,
vivo contente e feliz...
Se é pouco o bem por mim feito,
é muito o mal que eu não fiz.
José Augusto Rittes – Atibaia, SP

Felicidade se alcança
mantendo sempre de pé,
no castiçal da esperança,
a vela acesa da fé.
José Augusto Rittes – Atibaia, SP

Nas rendas de linda alvura,
uma lágrima parou.
Foi a pérola mais pura
que uma noiva já usou.
Lila Ricciardi Fontes – São Paulo, SP

Eu me perco e me consumo
neste amor em desatino...
Por ele perdi meu rumo
sem encontrar meu destino.
Marisol – Teresópolis, RJ

Matar o tempo! Eu entendo
que engano maior não há:
a gente é que vais morrendo
e o tempo fica onde está...
Solimar de Oliveira – Cachoeiro de Itapemirim, ES

==============================================================

Trovas Humorísticas (Nacional): tema livre

VENCEDORES

Quando a cana lhe dá pinga,
o pinguço acha bacana:
mas, então, porque é que xinga
quando a pinga lhe dá cana?
Aristóteles de Lacerda Jr. – São Paulo, SP

No paraquedas fechado,
uma etiqueta dizia:
“Se falhar ao ser usado,
reclame! Tem garantia”...
Izo Goldaman – São Paulo, SP

Deu à sogra um bacharel,
mestre exímio das chicanas,
um favo cheio de mel...
com abelhas africanas!
Manuel Martins Oliveira Costa – Juiz de Fora, MG

Diz a empregada à patroa,
encerrando a discussão:
- Nunca falei que sou “boa”,
quem falou foi meu patrão!
Rubens de Castro – Corumbá, MS

Numa festa de são João,
o delegado Padilha,
exagerando a função
quis prender toda a “quadrilha”...
Wilson Montemor – Resende, RJ

MENÇÕES HONROSAS

Enquanto o velho alfaiate
veste bem cada freguês,
sua mulher no biscate
desfaz tudo que ele fez...
Aloísio Alves da Costa – Nova Friburgo, RJ

Se ao telefone um amigo
me pede “algum” emprestado,
eu disfarço a voz e digo:
-“Senhorrr ligarrr enganado!...”
Izo Goldman – São Paulo, SP

A noiva esconde a... cintura...
com as dobras do vestido
e, na igreja, alguém murmura
- “Casório... preconcebido...”
Izo Goldman – São Paulo, SP

Aquele boi decadente,
cansado de bigamia,
deixou a bezerra quente
e voltou à “vaca-fria...”
Manuel Martins Oliveira Costa – Juiz de Fora, MG

O preço do leite, irmão,
sofre aumento cada mês
pra que muito bezerrão
mame mais do que os bebês.
Pedro Viana Filho – Volta Redonda, RJ

MENÇÕES ESPECIAIS

Me disseram que o Bolonha
é macróbio de verdade,
mas que velho sem-vergonha,
ser isso naquela idade!
Ademir Nazareth de Paiva – Belém, PA

Eu digo bem, com certeza:
Se papo fosse valor,
peru não ia pra mesa,
punha é banca de Doutor!...
Antonio Zanetti – Caçapava, SP

“Noite é boa conselheira.”
E o bóia-fria Moisés
foi ouvindo essa besteira
e hoje é pai de mais de dez!...
Arlindo Tadeu Hagen – Juiz de Fora, MG

Não barganho! Repetiu
o candidato posudo.
Nisto a turba se ouviu:
“Esse aí fica com tudo!”
C. A. Beiral – Governador Valadares, MG

Pergunta ao doente, com brilho
no sábio olhar, o doutor:
- O que você tem, meu filho?
- Uai! Responde o Senhor!
Solimar de Oliveira – Cachoeiro de Itapemirim, ES
---------------------------------------------------------------------

OBS = esta matéria só foi possível graças à gentil colaboração do insigne poeta/trovador Antonio de Oliveira, de Rio Claro/SP, que digitou e nos encaminhou o referido conteúdo