V CONCURSO DE TROVAS DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA/SP - 1995

ÂMBITO REGIONAL
Aguaí, Águas da Prata, Espírito Santo do Pinhal, Mococa,
São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo, Vargem Grande do Sul

Tema: SONHO (L/F)

VENCEDORES

Cláudia Perina Ribeiro Zapparoli (São João da Boa Vista/SP)
Sonhar é como se livre,
caminhar ao sol, correr...
Assim mais feliz se vive,
assim se aprende a viver!

Esmeralda Peregrino de Moura (São João da Boa Vista/SP)
Ultrapassando meus sonhos,
conquistei realidades:
Em meus dias mais tristonhos
descobri lindas verdades.

Sieglind Cereja Fonseca (São João da Boa Vista/SP)
Viver um sonho dourado
foi na vida o que eu mais quis.
Mas o destino malvado
tornou meu sonho infeliz.

MENÇÕES HONROSAS

Leonello Palaia Júnior (São João da Boa Vista/SP)
Sonhamos a vida inteira
e, no final, acordamos
com a saudade matadeira
dos sonhos que não sonhamos!

Marilene Ribeiro (São João da Boa Vista/SP)
Eu vivo do amor que vem
do que fica... do que vai...
Sonhos... venturas também,
três atos... o pano cai...

Nanci Aparecida Grama de Oliveira (Aguaí/SP)
Coração bate silente
cá no peito dando um nó,
afogando o sonho ardente
de quem ama e vive só.

MENÇÕES ESPECIAIS

Benedito Vasconcelos Filho (São João da Boa Vista/SP)
Nesta vida eu só errei,
vagando como ninguém,
com o impossível sonhei,
sonhar demais não faz bem.

David Ribeiro de Oliveira Santos (São João da Boa Vista/SP)
Eu quero ser o teu sonho,
conquistar tua ternura,
assim até me proponho
a dar-te amor e ventura!

Esmeralda Peregrino de Moura (São João da Boa Vista/SP)
Noite de festa junina,
céu coalhado de balões.
Sonhei que inda era menina
me assustando com rojões...

Luiz Antônio Pinto (São José do Rio Pardo/SP)
É sonho do trovador:
seduzir reis e rainhas;
pintar universo e amor
em apenas quatro linhas.

Nanci Aparecida Grama de Oliveira (Aguaí/SP)
O sonho é essa maneira
de poder realizar
o que nossa vida inteira
insiste em nos recusar.

Oswaldo Roberto (Espírito Santo do Pinhal/SP)
Jamais acontece aos nobres,
nem é fato singular:
Deus doa a ricos e pobres
o direito de sonhar.
-------------------------------------------------------

ÂMBITO ESTADUAL (SP)

Tema: CORAGEM (L/F)

VENCEDORES

Adélia Victória Ferreira (São Paulo)
A coragem é um segredo
que descobres de repente
quando, morrendo de medo,
só podes... seguir em frente!

Cidoca da Silva Velho (São Luiz do Paraitinga)
Batalho, mas mil fracassos
me abatem, sempre, ao rever-te.
Como encontrar, em teus braços,
coragem para esquecer-te?

Domitilla Borges Beltrame (São Paulo)
Vou carregar vida afora,
esta dor que mortifica,
por eu não ter tido agora
coragem de gritar: Fica!

Héron Patrício (São Paulo)
Muitas vezes, a coragem
que, entre gritos se anuncia,
é uma rude maquiagem
que disfarça a covardia!

Sebas Sundfeld (Tambaú)
Vitórias cuja vantagem
a falsidade auxilia
são atos em que a coragem
não passa de covardia.

Sebas Sundfeld (Tambaú)
No amor, minha aprendizagem
com tantos erros se fez,
que não tenho mais coragem
de aprender tudo outra vez.

MENÇÕES HONROSAS

Alba Christina Campos Netto (São Paulo)
Nas cinzas do amor ardente,
onde a saudade se entulha,
a coragem, de repente,
dá um sopro e encontra a fagulha.

Darly O. Barros (São Paulo)
“Coragem”, brada o meu peito,
“não desistas de sonhar...
Se um novo sonho é desfeito,
põe outro no seu lugar...”

Helvécio Barros (Bauru)
Minha coragem na luta
mais destemido me fez:
Mesmo perdendo a disputa,
tento lutar outra vez.

Izo Goldman (São Paulo)
Coragem ou covardia...
Nem sempre temos a escolha...
O Destino é ventania,
e o vento é que leva a folha...

João Elias dos Santos (São Paulo)
A coragem tira os medos,
quando teço sonhos vãos,
entrelaçando meus dedos
no tear das tuas mãos!

MENÇÕES ESPECIAIS

Antônio de Oliveira (São Paulo)
Seu olhar, desfeito em dor,
me dizia, quase mudo,
que a coragem para o amor
é coragem... para tudo!

Antônio de Oliveira (São Paulo)
Muita gente, sem coragem
de guiar os passos seus,
deixa a vida na garagem
pra pedir carona a Deus!

Branca Marilene Moura de Oliveira (Ribeirão Preto)
Quem batalha com coragem
no grande jogo da vida
tem quase sempre a vantagem
de não ser bola perdida.

Conchita Moutinho de Almeida (São Caetano do Sul)
Coragem! Mantenha a calma!
- o conselho dos mais sábios -
mas o pranto a escorrer na alma
molha o sorriso dos lábios.

Eliana Dagmar (Amparo)
Coragem mesmo, de fato,
encontro em cada Maria
que da prole, em raso prato,
mata a fome todo dia!

Júlia Fernandes Heiman (Jundiaí)
Não foi coragem, foi teste
e nota dez recebi,
quanto te disse inconteste:
Há muito eu já te esqueci!

Lannoy Dorin (Jundiaí)
Conhecer o próprio ser
é uma difícil viagem,
que só consegue fazer
os que têm muita coragem.

Maria José Leal (Ribeirão Preto)
Basófias falam, não agem,
porque a sua intrepidez
sofre escassez de coragem
e excesso de estupidez.

Marina Bruna (São Paulo)
É um herói todo escritor
que, de caneta na mão,
tem coragem de se opor
aos Regimes da Opressão.

Marina Bruna (São Paulo)
Teu amor está acabado,
mas eu tento me iludir
e vou, sofrendo a teu lado,
sem coragem de partir...

Therezinha Dieguez Brisolla (São Paulo)
Leio, de novo, a mensagem
onde pedes meu perdão...
Na razão, busco a coragem
e, desta vez, digo: “Não!”

Zaé Júnior (São Paulo)
Sem forças, mas com coragem
de continuar a jornada,
a vida é minha bagagem
que vou deixando na estrada!
-----------------------------------------------------

ÂMBITO NACIONAL/INTERNACIONAL

Tema: RENÚNCIA (L/F)

VENCEDORES

Almerinda Liporage (Rio de Janeiro/RJ)
Pela “conversa” de amigo
e esse adeus dito com arte,
o que tu fazes comigo
não é renúncia, é descarte.

José Antônio de Freitas (Pitangui/MG)
Santa renúncia: um mendigo,
vendo um guri com mais fome,
num gesto fraterno e amigo
dá-lhe o pão... e nada come!

José Tavares de Lima (Juiz de Fora/MG)
Deixei-a partir... E o efeito
desta renúncia impulsiva,
foi que a saudade em meu peito
ganhou cadeira cativa!...

Sérgio Bernardo (Nova Friburgo/RJ)
Errando as contas previstas,
chego a saldos desiguais:
- Foram bem poucas conquistas
para renúncias demais...

Waldir Neves (Rio de Janeiro/RJ)
Diz-me a Razão: “Renuncia...
Essa paixão é um fracasso!”
E o que até louco faria,
louco de amor, eu não faço...

MENÇÕES HONROSAS

Aprygio Nogueira (Pouso Alegre/MG)
És a maior das mulheres,
quando a renúncia, querida,
te faz dizer que não queres
o que mais queres na vida!

Batista Soares (Fortaleza/CE)
De renúncias e fracassos,
sempre cheia, a minha vida
ora me leva nos braços,
ora me esquece à subida...

Edmar Japiasu Maia (Rio de Janeiro/RJ)
As renúncias são enormes,
quando nos falta o carinho...
- Durmo no leito em que dormes
e passo as noites sozinho!

Heloísa Zanconato Pinto (Juiz de Fora/MG)
Mais a dor se multiplica,
quando a renúncia subtrai
a metade de quem fica
da metade de quem vai!...

José Tavares de Lima (Juiz de Fora/MG)
Renuncio, sem lamento,
a tudo o mais que eu possua;
menos àquele momento
em que me dizes: sou tua!...

MENÇÕES ESPECIAIS

Amália Max (Ponta Grossa/PR)
Por mais que os fins sejam puros
renúncia tolhe horizontes:
É o mesmo que erigir muros
em vez de construir pontes!

Edmar Japiasu Maia (Rio de Janeiro/RJ)
Pelo amor que tanto almejo
e que a sorte não me deu,
não renuncio ao desejo
de ser um desejo teu...

Heloísa Zanconato Pinto (Juiz de Fora/MG)
Eu fico... e tu vais embora...
e o sonho se parte em dois.
Mas a renúncia de agora
trará venturas depois!

José Maria Machado de Araújo (Rio de Janeiro/RJ)
Fomos, no amor, tão mesquinhos,
que a renúncia, por maldade,
trocou os nossos caminhos
mas não trocou a saudade!...

José Messias Braz (Pouso Alegre/MG)
Passarinhando ilusão,
pisei pomares tristonhos
e trouxe no coração
a renúncia dos meus sonhos.

Leda Costa Lima (Fortaleza/CE)
Sei que és de outra. Respeito,
renuncio e me contento
em dar-me o livre direito
de ter-te... em meu pensamento!

Marcelo Zanconato Pinto (Juiz de Fora/MG)
Eu sonho... e o despertador
me obriga, quando amanhece,
a renunciar ao amor
de alguém que nem me conhece!

Marcelo Zanconato Pinto (Juiz de Fora/MG)
Pode a vida ser sofrida,
mas se a fé não for escassa,
ninguém renuncia à vida
por mais renúncias que faça!

Ney Damasceno (Rio de Janeiro/RJ)
Nos amores bem vividos
dois valores preponderam:
Os carinhos recebidos
e as renúncias que se deram...

Orlando Brito (São Luiz/MA)
Às vezes, em hora incerta,
mostra o homem seu valor,
quando a renúncia acoberta
um gesto heroico de amor.

Waldir Neves (Rio de Janeiro/RJ)
Escravo quer liberdade!
- E eu fiz renúncia de amor...
(Vi, depois, preso à saudade,
que só troquei de feitor...)
=========================================================

NOTA: CRÉDITO DA MATÉRIA AO PROF. PEDRO MELLO, DA UBT SÃO PAULO

V CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA – 1995