TEMA:  "SAUDADE"

1º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO E SILVA - RJ
Lembrando este amor de outrora,
embora oculte o meu pranto,
há uma saudade que chora
em cada verso que eu canto!

2º lugar: OCTÁVIO VENTURELLI - RJ
Quem dera que a vida fosse
um pouco mais diferente:
há tanta saudade doce
que amarga a vida da gente...

3º lugar: IZO GOLDMAN - Niterói
Saudade, imagem barroca,
que eu trago dentro do peito,
tem a cor da tua boca,
tem o jeito do teu jeito...

4º lugar: NOEL BERGAMINI - RJ
Saudade é um sopro bendito,
igual à estrela luzente,
que iluminando o infinito,
reflete dentro da gente!

5º lugar: ELTON CARVALHO - RJ
Esta saudade em meu peito
é de um tempo diferente:
um "pretérito perfeito",
tão passado... e tão presente!...

6º lugar: MANITA - Niterói
Nossas mãos se separaram,
chorando o adeus sem "depois"...
mas as saudades ficaram
no grande amor de nós dois!

7º lugar: WALDIR NEVES - RJ
Saudade é um raio de lua,
suprindo o sol que brilhou...
É a tábua que ainda flutua,
depois que o amor naufragou...

8º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO E SILVA
Vejo, no espelho embaçado
da saudade que ficou,
entre as brumas do passado,
este amor que não passou!...

9º lugar: IZO GOLDMAN
No espelho retrovisor
da saudade, vejo vida;
e dou graças ao Senhor,
pela estrada percorrida...

10º lugar: WILSON DANTAS - Natal
A saudade mais sentida,
sem da ilusão ter o brilho,
é da mãe que, ao fim da vida,
diz adeus para o seu filho...

....................................
MENÇÕES   HONROSAS

11º lugar: MANITA
Brinquedos, sonho, esperanças:
eu te amava e não sabia...
Que saudade das crianças
que nós dois fomos, um dia!

12º lugar: CARLINDA LAMEGO - RJ
Deixaste, em recordação,
tão grande felicidade,
que hoje, amor, tenho a impressão
de ser feliz, na saudade!

13º lugar: NEUCI DA CUNHA GONÇALVES - São Bernardo do Campo
Quem nunca plantou bondade,
nunca amou e não sofreu,
por certo terá saudade
da vida que não viveu...

14º lugar: BATISTA SOARES - Fortaleza
Vou definir a saudade,
simplesmente, já se vê:
- extrema necessidade
de ver de novo você!

15º lugar: JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
Saudade: doce amargura
que transporta à nossa mente
os momentos de ventura
que a vida rouba da gente!...

16º lugar: DANIEL DE CARVALHO - Nova Friburgo
Saudade! O engenho moendo,
os carrs de boi cantando...
minha mãe, calma, cozendo,
meu pai, sentado, pensando...

17º lugar: DE PAULA MÁDIA - Taubaté
O pranto da meninice
é uma esperança cantando.
O sorriso da velhice
é uma saudade chorando.

18º lugar: CARLINDA LAMEGO
Saudade, embora doída,
relembrasfelicidade.
- Triste é passr pela vida,
sem ter do que ter saudade!

19º lugar: P. DE PETRUS - RJ
Amiga, eu venho lembrar-te
o que mais nos mortifica:
- é a saudade de quem parte,
na sauade de quem fica...

20º lugar: RODOLPHO ABBUD - Nova Friburgo
Tamanha angústia me invade
ao lembrar que te beijei,
que chego a sentir saudade
dos beijos que não te dei.
................................................
 

CONCURSO "IN MEMORIAN"
(homenagem a Luiz Otávio, Príncipe dos Trovadores Brasileiros, falecido em 31.01.1977)

1º lugar: ELTON CARVALHO - RJ
Quanto a saudade me amarra
àquela figura amiga
que cantou como a cigarra,
mas lutou como a formiga!

2º lugar: JOSÉ COELHO DE BABO - Nova Friburgo
O Trovador... que em verdade
foi Príncipe, em seu mister,
há de viver na Saudade...
enquanto uma Rosa houver!

3º lugar: SARA KANTER - SP
... Teus irmãos, os trovadores,
junto à rosa que plantaste,
colhem trovas que são flores
da saudade que deixaste...

4º lugar: ELÍADE MONT'ALVERNE - RJ
Luiz Otávio, os teus cantos
em nossa dor tu renovas:
ausência desfeita em prantos;
saudade brotando em trovas...

5º lugar: MANITA
Querido irmão trovador:
de Assis trouxeste a humildade;
foste um exemplo de amor,
e hoje teu nome é Saudade...

........................................
MENÇÕES   HONROSAS:

6º lugar: JOSÉ LOURENÇO - Barra Mansa
Luiz Otávio está presente
nas trovas, cada vez mais.
É saudade permanente
em nossos Jogos Florais.

7º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO E SILVA
Partiste... e nada há que abrande,
Luiz Otávio, a nossa pena...
tu, que tornaste tão grande
a trova que é tão pequena!

8º lugar: ADOLFO MACEDO - Magé
No milagre da saudade
que na vida não tem fim,
Luiz Otávio, na verdade,
se encontra perto de mim.

9º lugar: CÉLIA GUIMARÃES SANTANA - Sete Lagoas
Toda Trova tem seu rastro,
uma lembrança, um sinal.
Se morreu Gilson de Castro,
Luiz Otávio é imortal!

10º lugar: OCTÁVIO VENTURELLI
Dobram sinos nas cidades:
nosso Príncipe morreu!
Dobram também as saudades
de quem jamais o esqueceu...

11º lugar: JANE PALUMA - São Gonçalo
Tens na paz da eternidade,
a homenagem que mereces...
Luiz Otávio: - a saudade
grita teu nome nas preces!

12º lugar: JOSÉ MARIA MORGADE DE MIRANDA - Ribeirão Preto
Poesia sempre bendita,
seja o autor este ou aquele,
mas, toda trova bonita
traz sempre saudade dele!

13º lugar: CÉSAR COELHO - Fortaleza
Luiz Otávio é sdaudade
para nós, amigos seus,
mas faz trovas, na verdade,
hoje, mais perto de Deus!

14º lugar: ELPÍDIO BERNARDES DA COSTA - RJ
"Prícipe dos Trovadores"
na trova disse a verdade:
- cultivou sonhos e amores,
partiu, deixando a saudade...

15º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Nova Friburgo
Luiz Otávio, um amigo,
um trovador, um irmão...
- Saudade que eu não consigo
tirar do meu coração!...

.........................................
MENÇÕES  ESPECIAIS:

16º lugar: CARLOS GUIMARÃES - RJ
Vives, Luiz Otávio, ausente
deste mundo de maldade,
mas conosco estás presente,
na presença da saudade.

17º lugar: APRÍGIO NOGUEIRA - Pouso Alegre
Eu, a trova tão querida,
nem sei mesmo se sou eu,
porque só vivo na vida
que Luiz Otávio me deu.

18º lugar: ANTONIO CARLOS TEIXEIRA PINTO - RJ
Luiz Otávio, a Saudade
moldou-te um rio sem foz;
logo, é o mar da Eternidade
que vem correr entre nós!

19º lugar: CÍCERO ROCHA - RJ
Luiz Otávio bem merece
a presença rediviva
que o tempo só fortalece,
na saudade sempre viva.

20º lugar: WILSON MONTEMÓR - Resende
Luiz Otávio, entre nós
há uma ponte de saudade:
dela, a trova é o porta-voz
para toda eternidade.

=================================
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP