PARA O CENTRO-OESTE/SUL/SUDESTE = "BRILHO"

1º lugar: IZO GOLDMAN
Voltam da guerra os soldados!
Tudo é festa! Exceto o brilho
nos olhos angustiados
da mãe, que não vê seu filho...

2º lugar: CIDOCA DA SILVA VELHO
Toda mãe é para o filho
como a luz que se propaga:
só se avalia o seu brilho
quando a luz, por fim, se apaga!

3º lugar: ZAÉ JÚNIOR
Se esse teu brilho me cega,
me condena à escuridão,
saiba que a luz não renega
a sombra que faz no chão!

4º lugar: ELZA MEIRELLES CHOLA
Não é só da mãe o brilho
nos olhos, que transparece.
Quando o pai embala o filho,
tem nos olhos luz de prece.

5º lugar: DELCY RODRIGUES CNALLES
Quero luz de intenso brilho
para aclarar as estradas
por onde passar meu filho,
ao longo das caminhadas!

6º lugar: MARIA THEREZA CAVALHEIRO
De que vale o brilho, a glória,
nas coisas que a gente faz?
É bem maior a vitória
de quem conquistou a paz.

7º lugar: EUGÊNIA MARIA RODRIGUES
Foste amor, amante, filho,
tudo o que pude sonhar,
e em ti busquei tanto brilho
que me esqueci de brilhar!

8º lugar: LAVÍNIO GOMES DE ALMEIDA
Perdoa, pai, se o teu filho
não saiu como sonhaste,
se não repetiu o brilho,
se não te amou como o amaste!

9º lugar: JOÃO FREIRE FEILHO
Quem sonha, lutando, agora,
persistente em seu afã,
lança mais brilho na aurora
que vai brilhar amanhã!

10º lugar: SEBAS SUNDFELD
Brilhando assim, quase nada,
aquela estrela, suponho
ser a imagem disfarçada
da projeção do meu sonho.

11º lugar: EUGÊNIA MARIA RODRIGUES
Sinto compaixão ao vê-la!
Seu orgulho se revela:
quem não tem brilho de estrela,
seja ao menos luz de vela!

12º lugar: ARMINDO DOS SANTOS TEODÓSIO
Após passada a tormenta
surge, radiosa, a bonança...
Atrás da nuvem cinzenta
brilha sempre uma esperança!

13º lugar: JOSÉ TAVARES DE LIMA
Pratica o Bem dese agora
pois, com urgência, é preciso
que no rosto de quem chora
faças brilhar um sorriso!

14º lugar: IZO GOLDMAN
Nosso amor foi brilho e vida!
Foi farol que nos guiou!
... e, apagou, na despedia,
a própria luz que criou...

15º lugar: JOÃO FREIRE FILHO
Do infinito de seus versos,
o poet, em solidão,
recolhe brilhos dispersos
e acende estrelas no chão!
.......................................................

PARA O NORTE/NORDESTE = "ESPELHO"

1º lugar: ANTONIO JURACI SIQUEIRA
Se te serve o meu conselho,
sê bom e segue o teu trilho;
não podendo ser espelho,
não sejas sombra, meu filho!

2º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
No velho espelho de outrora,
agora vejo meu rosto,
longe das luzes da aurora,
entre as sombras do sol-posto!

3º lugar: FERNANDO CÂNCIO DE ARAÚJO
Juventude... Flor risonha
num espelho refletida.
Anos depois... Flor tristonha
no espelho da mesma vida...

4º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Feliz é quem, pelo brilho,
trilhando caminhos retos,
dá bom exemplo a seu filho,
serve de espelho a seus netos!

5º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Feliz é quem, pela vida,
envelhecendo sem fugas,
alegre e de fronte erguida,
zomba do espelho e das rugas.

6º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Busco no espelho, tristonho,
rever o teu vulto amado;
buscando restos de um sonho
num velho espelho quebrado...

7º lugar: FERNANDO CÂNCIO DE ARAÚJO
No espelho do meu semblante,
onde a velhice é verdade,
vai-se pondo um sol distante
no horizonte da saudade!

8º lugar: JOÃO ALBERTO FERREIRA
Se sou velho ou se sou novo,
opiniões eu não quero,
jamais ouço a voz do povo,
só meu esplho é sincero.

9º lugar: FERREIRA NOBRE
Quando a inspiração me invade
e a fazer trovas me ponho,
vejo a imagem da saudade
no espelho azul do meu sonho.

10º lugar: ANTONIO JURACI SIQUEIRA
O pano cai... fim de cena.
E, no espelho do destino,
vejo a saudade que acena
aos meus sonhos de menino...

11º lugar: FERREIRA NOBRE
Se a tua imagem, querida,
o meu pensamento invade,
eu a vejo refletida
nos espelhos da saudade.

12º lugar: BRANDINA ROCHA LIMA
Espelhos d'alma - cristais
em que a vida se projeta.
Neles, o Mal se desfaz,
quando o Bem é a grande meta!

13º lugar: JOÃO ALBERTO FERREIRA
Já se foi a mocidade
e o tempo não me venceu,
só quem diz a minha idade
é o sincero espelho meu.

14º lugar: ARIMATÉA FILHO
Reflete o espelho da Cruz,
cristal da suma Verdade:
- A imagem do Bom Jesus,
perdoando a Humanidade.

15º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Espelhos não me comovem...
Em vez de novos maus tratos,
vejo meu rosto mais jovem
entre meus velhos retratos...
............................................................

PARA O RIO GRANDE DO NORTE = "CRISTAL/IS"

1º lugar: J.REVOREDO NETTO
Meu bem, assim te analiso,
sob um prisma de razão:
- De cristal é o teu sorriso...
- De pedra, o teu coração!...

2º lugar: REINALDO AGUIAR
Nos teus olhos sensuais
resplandecem, com ardor,
belos e puros cristais,
quando me falas de amor.

3º lugar: J.REVOREDO NETTO
Nosso amor, tão desigual,
marcado por torvelinhos,
foi frágil qual o cristal
que se parte em pedacinhos...

4º lugar: MARIA SILVA CARRIÇO
Vida - cristal lapidado
pelos nossos desenganos...
quanto mais esfacelado,
mais brilha através dos anos...

5º lugar: PEDRO GRILO
Na oficina onde o trabalho
é fraterno e universal,
existe muito cascalho
disfarçado de cristal.

6º lugar: LUIZ RABELO
Minha vida se renova,
diminui a minha idade,
se ilumino a minha trova
no cristal de uma saudade...

7º lugar: PEDRO GRILO
Que na vida sigas, filho,
sempre a trilha do alto astral,
tendo da honradez o brilho
e a pureza do cristal.

8º lugar: REINALDO AGUIAR
Esta afirmação banal
exprime grande conceito:
o amor é como o cristal,
partido, não tem mais jeito.

9º lugar: SEBASTIÃO SOARES
Quando a noite vai tombando
no barranco da quebrada,
as estrelas vão bordando
de cristal a madrugada.

10º lugar: CLÉA C. REVOREDO
Nosso romance vazio,
de enredo fútil, banal,
hoje termina... e tão frio
como um blco de cristal...

11º lugar: RODRIGUES NETO
Os teus olhos divinais,
lindos como o amanhecer,
são dois bonitos cristais
que iluminam meu viver!

12º lugar: SEBASTIÃO SOARES
Tendo por beleza e tema
o cristal do entardecer,
o por-do-sol é o poema
que Deus costuma escrever.

13º lugar: MARIA SILVA CARRIÇO
Toda esperança nascida
nos tempos da mocidade,
foi belo cristal que a vida
hoje me diz ser saudade!

14º lugar: MARIA SILVA CARRIÇO
Foram cristais os meus sonhos,
que a vida fez em pedaços...
E aqueles que eram risonhos,
jazem agora em meus braços...

15º lugar: CLÉA C. REVOREDO
Nas torrentes da paixão,
a que estou presa, afinal,
sinto o pobre coração
tão frágil como o cristal...
=============================================
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP