CONCURSOS DA UBT SÃO PAULO - versão 2010

 CONCURSO NACIONAL /INTERNACIONAL 

Tema: FEITIÇO

Âmbito Nacional: VENCEDORES 

 Feiticeiro sem magia 
ou bruxo sem qualidade, 
eu não aprendo a alquimia       Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte – MG
da poção “Felicidade”! 

Para ter o compromisso
do amor de certa mulher,
eu, que não creio em feitiço
faço o feitiço que houver!
      Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte – MG

Facilmente me dominas,
bastando apenas piscar...
- É o feitiço das meninas
que brincam no teu olhar!      A. A. de Assis – Maringá – PR

    Nem mesmo o sol nos desperta
    do feitiço sem pudor,
    que nos envolve e acoberta
    nas madrugadas de amor!                         Élen de Novais Félix – Niterói – RJ

      Por teu feitiço ou magia,
      mesmo sabendo quem és,
      troquei a minha alforria
      e fui escravo a teus pés...      Ercy Maria Marques de Faria – Bauru – SP

        Noel, em tarde tranquila,
        compondo um samba sutil,
        fez o Feitiço da Vila
        enfeitiçar o Brasil!...                           Hermoclydes Siqueira Franco – Rio de Janeiro – RJ

        Do teu feitiço um cativo,
        por livre-arbítrio me fiz;
        mas juro por Deus que vivo
        num cativeiro feliz!           José  Tavares de Lima – Juiz de Fora – MG 

         

        Aos erros, não fique omisso,
        nem tente aos outros culpar:
        - a pedra não faz feitiço
        para a gente tropeçar!                     Neide Rocha Portugal – Bandeirantes – PR  

        Desprezei-te, fui omisso,
        quis um “caso” passageiro...
        Mas o Amor fez o feitiço
        virar contra o feiticeiro!         Renato Alves – Rio de Janeiro – RJ

          Quando o amor se distancia
          e o sonho fica apagado,
          não há feitiço ou magia
          que salve o encanto quebrado...             Thereza Costa Val – Belo Horizonte – MG
           

          Tens tal feitiço no olhar
          que, em nosso adeus, por encanto,
          foram gotas de luar
          que escorreram do teu pranto!      Wanda de Paula Mourthé – Belo Horizonte – MG 
           

            Tema: FEITIÇO

            Âmbito Internacional: VENCEDORES

            Feitiço do feiticeiro
            cura todas as “mésinhas”,
            se não for um trapaceiro,
            cura as tuas, mais as minhas...      António dos Santos Boavida Pinheiro – Lisboa – Portugal
             

            Todo o pobre sabe bem
            como dobrar vencimentos;
            feitiço  é viver com cem
            e precisar de duzentos.      António José Barradas Barroso – Parede – Portugal

              O teu olhar feiticeiro,
              quando se cruzou com o meu,
              fez um feitiço certeiro
              que o meu coração prendeu.           Emilia Peñalba de Almeida Esteves – Porto - Portugal
               

              =======================================

              CONCURSO ASSINANTES DO “INFORMATIVO”

              Tema: DESEJO

              Âmbito Nacional: VENCEDORES

              Um contraste eu sempre vejo 
              neste teu beijo febril 
              pois ao matar um desejo 
              eu ressuscito outros mil! 

              Você voltou e hoje eu vejo
              que o meu abraço de então
              foi muito mais de desejo
              do que, de fato, perdão!

              São meus desejos sedentos
              fantoches do coração
              se movendo ao movimentos
              das linhas da tua mão!
                   Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte – MG

              O amor é perene chama,
              desejo, só a posse almeja...
              Quem deseja, às vezes ama,
              porém, quem ama... deseja!
                   Élbea Priscila de Sousa e Silva – Caçapava – SP

              Quando me dizes, sem pejos, 
              sensual em demasia, 
              que és um rio de desejos... 
              Ser teu mar... Como eu queria! 

              “Tenta esquecê-la”... Alguém fala.
              O meu desejo, porém,
              de algum dia conquistá-la,
              não ouve a voz de ninguém!...
                   José Tavares de Lima – Juiz de Fora – MG

              Alta noite e tu não vinhas... 
              Em desejos, só, no leito, 
              estrelas eram tachinhas 
              martirizando o meu peito. 

              De que vale eu ficar mudo,
              os desejos sufocar,
              se os meus olhos dizem tudo
              quando encontram teu olhar.
                   Moacyr Figueiredo – Florianópolis – SC 

              Na madrugada, em teus braços, 
              o nosso amor se faz pleno. 
              E o desejo, com seus laços, 
              torna este mundo pequeno. 

              Se o desejo me arrebata,
              preceitos são esquecidos:
              vivo paixão insensata
              na linguagem dos sentidos.
                   Relva do Egypto Rezende Silveira – Belo Horizonte – MG

              Quando o desejo desponta
              e a razão tenta se opor,
              eu brinco de faz de conta
              e levo em frente esse amor!
                   Rita Marciano Mourão – Ribeirão Preto - SP 

              Não malogre o seu desejo...
              Nem pense que é uma vergonha,
              pois é nas asas de um beijo
              que chega à lua... quem sonha!
                   Roberto Resende Vilela – Pouso Alegre – MG

              O fascínio antigo existe
              nesse amor que não tem prazo
              e o desejo em nós persiste,
              sem limite e sem ocaso...
                   Thereza Costa Val – Belo Horizonte – MG

              Na espera há doces demoras,
              quando eu desejo te ver.
              O relógio, ao som das horas,
              solfeja, em vez de bater...
                   Vanda Fagundes Queiroz – Curitiba – PR 

               Que bom seria um enlace
              entre a mente e o coração:
              o que a gente desejasse
              também quisesse a razão!
                   Wanda de Paula Mourthé – Belo Horizonte – MG

              Tema: DESEJO
              Âmbito Internacional: HOMENAGEM

              Um desejo bem guardado
              trago dentro do meu peito:
              o de ser só bem amado
              pelo bem que eu tiver feito.
                   Domingos Freire Cardoso – Ílhavo – Portugal
               

              CONCURSO ASSOCIADOS DA SEÇÃO SÃO PAULO - SP

              Tema: ORVALHO
              Âmbito: VETERANOS

              De manhã, se a vista espalho
              para olhar coisas mimosas,
              vejo pérolas de orvalho
              sobre as pétalas das rosas...
                   Analice Feitoza de Lima

              Ela do trem me acenando,
              secava os olhos morenos,
              enquanto os meus orvalhando,
              já não viam seus acenos!

              Uma gotinha de orvalho... 
              E o poeta percebeu 
              que era lágrima do galho 
              chorando a flor que morreu!  

              Pai, abençoa meu filho
              que pelas drogas foi morto;
              o orvalho não perde o brilho
              nas folhas de um galho torto!
                   Campos Sales 

              Manhã de inverno, gelada,
              e, em ação, se põe o orvalho,
              criando falsa florada
              na ponta seca de um galho...
                    Darly O. Barros

              Oh! minha mãe, quando eu falho,
              tua lágrima rolada,
              é qual pérola de orvalho
              sobre a rosa machucada!...
                    Domitilla Borges Beltrame

              Cai o orvalho, de mansinho,
              nesta aridez do sertão...
              e o povo aceita o carinho
              que ameniza a insolação!
                   Giva da Rocha

              Seria a vida mais doce
              e as dores bem mais amenas,
              se toda lágrima fosse
              um pingo de orvalho apenas...
                   Jaime Pina da Silveira

              Gota de sonho e magia,
              sopro de um anjo... tão leve...
              orvalho, suave poesia,
              que a noite, inspirada, escreve.
                   Maria Helena Calazans Machado Duarte

              Hora do adeus... sutilmente,
              eu disfarço o meu desgosto,
              quando o orvalho, gentilmente,
              lava a lágrima do rosto!...
                   Marilucia Rezende

              A madrugada encontrou
              um pobre e triste espantalho
              e, comovida, o enfeitou
              com ricos cristais de orvalho.
                   Marina Bruna

              Se, a foto, o orvalho umedece 
              - depois que o amor teve fim – 
              à minha ilusão parece 
              que ainda choras... por mim! 
               
              À noite, se estou contigo
              e o sereno a rede orvalha,
              em teus braços eu me abrigo
              e o teu amor... me agasalha!

              Faze o bem, mesmo a quem falha
              ao cruzar os teus caminhos...
              Repara que Deus orvalha
              as rosas e os seus espinhos.
                   Therezinha Dieguez Brisolla

               

              Tema: ORVALHO
              Âmbito: NOVOS TROVADORES
               

              Sentado naquela praça, 
              enquanto o sono não vem, 
              sinto que o orvalho me abraça 
              e me faz lembrar de alguém. 

              Não sei se é lenda ou verdade
              que Cristo se entristeceu,
              chorou pela humanidade
              e assim o orvalho nasceu.
                   Eduardo Domingos Bottallo

              A gotícula de orvalho 
              congelada, fragilmente, 
              enfeita o velho carvalho 
              qual diáfano pingente... 

              Vendo o orvalho na campina,
              enfeitando a madrugada,
              pude ver a mão divina
              sobre a noite enluarada...
                   J. B. Xavier 

              Vai-se embora todo o orvalho
              com o sol esfuziante,
              deixando o velho carvalho
              sem um único diamante...

              Orvalho, brilho de prata 
              sob a densa luz da lua, 
              que em solene passeata 
              faz espelho em minha rua... 

              Condoído, o sol, tão doce
              secou a folha da flor,
              pensando que o orvalho fosse
              uma lágrima de amor...
                   Maria de Lourdes Paiva Reis 

              Grande Noel, ao compor,
              atento no seu trabalho,
              pingava gotas de amor
              até nas gotas do orvalho.
                   Waldir Gerson Granzotti

              Quando há seca em nossa roça,
              pedimos em oração,
              que, ao menos, o orvalho possa
              vir molhar o nosso chão.

              A quem cultiva um jardim 
              a natureza lhe ensina: 
              se a estiagem não tem fim, 
              orvalho é bênção divina. 
               
              Os teus olhos, orvalhados
              pela emoção do momento,
              são dois sóis iluminados
              pela luz do sentimento!
                  Yedda Maia Ramos Patrício

              CONCURSO HUMORÍSTICO ASSOCIADOS DA SEÇÃO SÃO PAULO - SP

              Tema: APITO
              Âmbito: VETERANOS E NOVOS TROVADORES

              Sempre que o noturno apita,
              rangendo nos velhos trilhos,
              desperta o marido e a Dita,
              que vão aumentando os filhos...
                   Campos Sales

              Casal novo, bom de cria,
              trinta meses, três nenéns!
              É que havia a ferrovia
              e ouvia o apito dos trens...
                   Divenei Boseli

              Num elevador lotado,
              um som cavo, muito agito
              e um guarda ruborizado:
              “foi descontrole... do apito”.
                   Eduardo Domingos Bottallo

              “Apitando” mais que flauta,
              - e com sonora potência -,
              O Zé nem olha na pauta,
              Vai de cor... na “flautulência”!
                   Héron Patrício

              - Mas, “seu” guarda, por favor,
              ao apito obedeci.
              Culpado é o muro, senhor,
              que não deu ré... e eu bati!!!
                   Maria Helena Calazans Machado Duarte

              Engoliu o seu apito 
              durante um jogo agitado... 
              Agora, o juiz aflito, 
              apita do lado errado!!!...  

              - Apite se alguém chegar!
              Pediu o amante vaidoso...
              Mal podia imaginar,
              que o vigilante era o esposo!!!...
                   Marilucia Rezende

              Escuta o apito e pergunta:
              - Eu entrei na contramão?
              Não, não, diz o guarda... e ajunta:
              - Vai entrar é no talão!
                   Marisa Rodrigues Fontalva

              Diz que é soprano... e padece
              com muito cristal quebrado,
              pois sua voz mais parece
              apito desafinado...
                   Renata Paccola

              Aqueles a quem indago,
              - e a resposta não me vem –
              Será que apito de gago
              a-pi-pi-ta assim tam-bém?
                   Selma Patti Spinelli

              O torcedor se consome!...
              E a cada apito infeliz,
              se é feito o gol, grita o nome
              que é dado... à mãe do juiz!
                   Therezinha Dieguez Brisolla