VIRTUALMENTE É MAIS GOSTOSO!
(texto de José Ouverney, escrito em 01.01.2015)

 
          Nesse Natal resolvi fazer uma surpresa a um/a amigo/a. Como em nossa residência o “fazedor oficial de café” sou eu, deixei tudo detalhado e pensei comigo: - o primeiro que chegar aqui em casa na manhã de 25 de dezembro, para me dar um abraço natalino, será recepcionado com uma mesa farta e um café completo.

          Chegou então o 25 de dezembro e eu não recebi a visita de ninguém: nem de manhã, nem à tarde, nem à noite.

          Bom, sou otimista. Pensei: deve ter havido uma infeliz coincidência mas não tem problema: fica tudo adiado para o primeiro dia de 2015. O primeiro que chegasse, de manhã, para me dar um abraço festivo de Ano Novo, seria recepcionado com um belo café.

          Chegou 1º de janeiro e... nada. Nem de manhã, nem à tarde, nem à noite.

          Recorrendo ao lado prático, que é o meu grande e fiel consultor nesses momentos, raciocinei, então, sem perder a serenidade nem a fé nas amizades e nas pessoas: - quer saber? Vou voltar pro Facebook. Já perdi muito tempo tentando “desvirtualizar” o que não tem mais jeito.

          Mandei a foto do café que eu havia preparado, para todos os amigos... e foi um sucesso! Todo mundo curtiu, comentou e até compartilhou!