WALTER JOSÉ FAÉ  nasceu em Corumbataí, São Paulo, no dia 24 de junho de 1928, filho de Ângelo Faé e Virgínia Mieto Faé. Tendo se mudado para São Paulo, capital. Publicou vários livros, entre os quais "Espelho Fugaz"-poesias e "Tecelã do Silêncio"-contos.

Benfeitor é sempre aquele
que, no instante da desgraça,
sem que ninguém dê por ele,
em silêncio ajuda... e passa...

Sonhos, venturas, quimeras,
a vida é isto que vês:
passam dias... meses... eras...
diz a História: "Era uma vez..."

O meu mundo é imaginário,
é um mundo que ninguém vê.
Nele, triste e solitário,
vivo em sonhos com você.

A noite já vai bem alta,
o sono tarda e não vem.
Ah! se soubesses a falta
que tu me fazes, meu bem...